Anuário traz informações técnicas para produtores de milho em Mato Grosso do Sul

*Publicação realizada pela Fundação MS traz resultados de estudos feitos na safrinha 2016 *

Todos os anos, novas variedades de milho são lançadas, bem como produtos que auxiliam sua produção. Com o objetivo de orientar os produtores do grão, a Fundação MS disponibiliza a publicação Tecnologia e Produção - Milho Safrinha 2016, com informações técnicas e resultados de pesquisas obtidos ao longo do período.

O material traz os estudos realizados pesquisadores da entidade nos 15 municípios onde há unidades de pesquisas da Fundação MS. Cerca de 6 mil parcelas de pesquisas compõem os resultados, que foram gerados através de demandas dos próprios produtores, por meio do Conselho Técnico Científico da instituição, que traz as necessidades do campo e realiza a avaliação quanto à viabilidade dos trabalhos efetuados.

Para o presidente da instituição, Luciano Mendes, o material servirá como uma ferramenta a mais para os produtores rurais do Estado, que têm cada dia mais conquistado índices de alto rendimento em suas propriedades, proporcionando geração de emprego e renda. "Isso se deve à busca dos produtores por resultados positivos, por meio da capacitação das equipes e adoção de novas tecnologias, através do desenvolvimento técnico-científico", ressalta.

Mendes também destaca a difusão de tecnologias promovida pela Fundação MS por meio dos dias de campo e os circuitos de apresentações de resultados de pesquisas na safra e safrinha, de forma gratuita a produtores, técnicos e estudantes. "A tomada de decisão no campo é feita através desses resultados, onde é possível optar pela utilização de determinados produtos, processos e tecnologias adequadas para a cada situação, o que ajuda a evitar o desperdício de insumos e operações".

Entre os temas destacados no anuário, estão: adubação no milho safrinha; resultados da rede de validação de híbridos de Milho Safrinha 2016; principais aspectos da implantação de consórcio milho e capins em Mato Grosso do Sul; manejo de plantas daninhas no milho safrinha; manejo e controle de pragas; e, por fim, doenças no milho safrinha.

A publicação impressa já está disponível, de forma gratuita, na sede da Fundação MS, que fica localizada na Estrada da Usina Velha, Km 02, Zona Rural – Maracaju MS. Também serão feitas distribuições de exemplares durante as apresentações de resultados de pesquisas, ao longo do mês de maio e início de junho. No entanto, há também a versão online, disponível no link: http://www.fundacaoms.org.br/tecnologia-e-producao-milho-safrinha-2016.