Dinapec 2019

Escolha de cultivares e integração da lavoura com pastagens podem ajudar a maximizar potencial produtivo da soja

Sub-título

21/02/2019 09h10 - Por: Julio Sato

Fundação MS leva orientação para minimizar impactos do estresse térmico e hídrico, durante Dinapec 2019

A escassez das chuvas e altas temperaturas registradas nesta última safra podem ter trazido prejuízos de 10 a 15% na média de produção de soja do Estado. Nas regiões Leste e Sul, o percentual pode ser ainda maior do que a média projetada. Estratégias como a escolha de cultivares mais adaptadas a cada região, a integração da lavoura com pastagem para pecuária, além do preparo adequado do perfil do solo podem ajudar a aumentar o potencial produtivo da soja. As orientações sobre como implementar cada ferramenta no plantio foi tema de palestra da Fundação MS, durante a Dinapec 2019, que segue até sexta-feira (22), na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS).

"A integração com a pastagem possibilita a reforma do pasto, o que agrega no ponto de vista econômico, trazendo retorno mais rápido do investimento feito pelo produtor. Isso porque a reforma de pastagens degradadas com a introdução da soja amplia a diversificação de sua renda e elimina altos custos exigidos no preparo do solo e na correção da fertilidade, por exemplo", afirma o pesquisador de fitotecnia da soja da Fundação MS, André Bezerra. Por outro lado, Bezerra explica que a soja também agrega ao pasto, já que a leguminosa fixa nitrogênio durante o seu ciclo e boa parte deste fica no solo, contribuindo para a gramínea que vai compor a pastagem na sequência.

A escolha da cultivar de soja também é uma estratégia importante. "Principalmente por conta da região em que estamos, mais vulnerável a riscos climáticos como aconteceu nessa última safra", diz. Durante a palestra, a Fundação apresentou uma área na Embrapa com 33 cultivares, sendo 7 convencionais e 26 cultivares de tecnologia RR/Intacta. Do total, cinco delas apresentaram bom desempenho diante das condições do ano. "Estamos na quarta safra nessa área. Começamos desde o básico, com procedimento de abertura de área, em um terreno inicialmente hostil, sem correção de solo, até o estágio atual. Ao longo desses quatros anos já filtramos as cultivares que mais se adequaram. Então, aqui, o produtor pode ver a evolução do plantio e aprender na prática", ressalta o pesquisador.

A palestra "Maximização do potencial produtivo de cultivares de soja sob estresse térmico e hídrico", faz parte do roteiro tecnológico de integração lavoura e pecuária e será reapresentada na quinta-feira (21) e sexta-feira (22). A Dinapec é uma vitrine de tecnologias que acontece anualmente na Embrapa em Campo Grande (MS), aberta a técnicos, produtores e acadêmicos dispostos a conhecer as soluções tecnológicas desenvolvidas pela pesquisa agropecuária para os diversos sistemas de produção. Em sua 14a. edição traz ainda espaço para expositores de insumos, consultoria, máquinas e equipamentos. A programação completa e outras informações podem ser acessadas no endereço www.dinapec.com/2019.

Serviço:Dinâmica Agropecuária - DinapecData: 20 a 22 de fevereiro de 2019 Local: Embrapa Gado de Corte, Campo Grande/MS (avenida Rádio Maia, 830, zona rural)