Expansão agrícola em áreas de pastagem é tema de Dia de Campo na Dinapec

Roteiro tecnológico será conduzido pela Fundação MS durante o evento

A Fundação MS participa da 12ª edição da Dinapec – Dinâmica Agropecuária, conduzindo o roteiro tecnológico "Expansão agrícola em áreas de pastagem em Mato Grosso do Sul", que será abordado durante um Dia de Campo, nesta quinta-feira (9). O evento, realizado pela Embrapa Gado de Corte e que leva anualmente ao público as últimas novidades do setor agropecuário, teve sua cerimônia de abertura realizada na manhã desta quarta-feira (8), em Campo Grande, e segue até dia 10.

Para o presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes, o evento é representa uma oportunidade para produtores, acadêmicos e demais profissionais ligados ao agro, de aprimorarem seus trabalhos, por meio da difusão de tecnologias. "A parceria das instituições de pesquisa com a Embrapa auxilia na potencialização dos resultados e estimula o crescimento do setor, o que traz benefícios para toda a cadeia produtiva de nosso Estado", enfatiza Novaes.

Ao todo, a instituição terá quatro estações de repasse de conhecimento na feira. "Vamos tratar de temas ligados à implantação do componente agrícola em áreas de pastagens, geralmente em degradação, situação que tem sido muito frequente em MS e estamos vivenciando por meio de nossa parceria na unidade de Campo Grande", afirma o diretor-executivo da Fundação MS, Alex Melotto.

A programação do Dia de Campo traz temas como a "Escolha e posicionamento de variedades de soja para a expansão agrícola de MS", ministrado pelo pesquisador Carlos Pitol; "Controle de pragas e doenças da cultura da soja", em palestra realizada pelo pesquisador José Fernando Grigolli e, por fim, o tema "Calagem e fosfatagem para a implantação da soja" e "Inoculação da soja para plantio em áreas de pastagens", abordado por Douglas Gitti.

Outros temas também serão abordados durante os três dias de evento, por meio dos roteiros tecnológicos. Entre eles, estão: Integração Lavoura-Pecuária (ILP), Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), Manejo e Recuperação de Pastagens dentro do Contexto do Programa ABC, Melhoramento Animal, Novas Cultivares Forrageiras, Ovinocultura, Produção e Qualidade do Leite, Sanidade Animal, + Precoce: Tecnologias para Produção de Novilhos Precoces, Produção sustentável de leite com ênfase na agricultura familiar. Além disso, serão realizadas 13 oficinas.

A realização da Dinapec conta com o apoio das seguintes instituições: Fundação MS, Fundação Chapadão, Senar/MS, Sebrae, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural, Geneplus, Sistema Brasileiro do Agronegócio, Agrobrasil TV, DBO, Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar, Fundect, CNA Brasil e Sindicato Rural de Campo Grande. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), do Banco do Brasil, Sicredi e da Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan).

Além da Embrapa Gado de Corte, as Unidades da Embrapa presentes na Dinapec são: Embrapa Agropecuária Oeste, Caprinos e Ovinos, Florestas, Gado de Leite, Pantanal, Pecuária Sudeste e Recursos Genéticos e Biotecnologia.

Mais informações podem ser obtidas no site https://www.embrapa.br/dinapec-2017.