Manejo e Fertilidade do Solo

A Fundação MS, desde sua criação preocupa-se com a utilização dos recursos naturais e busca sua otimização. Os trabalhos de Fertilidade e Manejo do Solo visam avaliar as melhores utilizações para produtos e processos de forma a maximizar a produção e dar sustentabilidade ao sistema de produção agropecuário Sul-Matogrossense. As principais linhas de trabalho são:

1. Calibração de macro e micronutrientes para as principais culturas em diversas regiões do estado, possibilitando a definição precisa das doses de cada nutriente.

2. Preparo e químico e físico do perfil do solo para altas produtividades.

3. Estudos da dinâmica e das interações entre nutrientes, solo e plantas no sistema de plantio direto, visando otimizar os recursos presentes no solo e também aqueles adicionados pelo produtor, reduzindo os custos com adubações;

4. Análises da eficiência, qualidade e aplicação de corretivos, fertilizantes, produtos foliares, enraizadores, inoculantes, hormônios, entre outros.

5. Manejo de solos para a conversão de áreas de pastagens em agricultura por meio da integração lavoura e pecuária.

Pesquisador responável

Eng. Agr. Dr. Douglas de Castilho Gitti

Engenheiro Agrônomo, Doutor em Sistemas de Produção pela UNESP de Ilha Solteira. Atualmente é Pesquisador no Setor de Manejo e Fertilidade do Solo da Fundação MS (Maracaju-MS), desenvolvendo pesquisas relacionadas ao manejo da adubação nas culturas da soja e milho segunda safra em sistemas consorciados com braquiárias.

Telefone: (67) 3454-2631

E-mail: douglas@fundacaoms.org.br.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4961536715996357